in

Tattoo Escambo

Stanislava Pinchuk (aka Miso), uma artista ucraniana que divide seu trabalho entre Tóquio e Melbourne, pratica um tipo interessante de escambo — quando tatua seus notáveis desenhos minimalistas (sua marca registrada) em amigos, eles pagam com bens ou favores, não com dinheiro.

Suas tatuagens feitas em casa, que atualmente só faz para “amigos e amigos de amigos”, são trocadas “pelo que as pessoas acreditem ter valor para elas — talvez me ensinem uma habilidade em troca, me façam o jantar, me deem um livro que eu amaria, ajudem numa atividade… uísque. Você não imagina, mas todo mundo se sente bem com isso, e eu adoro. Cada vez mais, sinto que está se tornando a maior parte do meu trabalho.”

Ela considera suas tatuagens “importantes e íntimas demais para trocar por dinheiro nesta fase.”

© aka Miso
© aka Miso

© aka Miso
© aka Miso

© aka Miso
© aka Miso
© aka Miso
© aka Miso
© aka Miso
© aka Miso
© aka Miso

© aka Miso

© aka Miso
© aka Miso
© aka Miso
© aka Miso
© aka Miso
© aka Miso
© aka Miso
© aka Miso
© aka Miso
© aka Miso
© aka Miso
© aka Miso
© aka Miso
© aka Miso
© aka Miso
© aka Miso
© aka Miso
© aka Miso

Via / +Info; Tumblr.

Escrito por Redação

Portal de compartilhamento de ideias e conteúdos inspiradores para as artes e para a vida.

365 cartões postais para formigas

Cymatics