in ,

Esculturas de crianças feitas de arame e concreto que parecem se dissolver no ar

Inspirada pelas crianças e suas emoções, a artista norueguesa Lene Kilde cria esculturas que capturam sua linguagem corporal. Sob seu olhar, as manifestações corporais representam a forma mais pura de comunicação das pequeninas.

Para isso, Kilde utiliza poucas partes do corpo na estrutura de suas peças feitas de malhas de arame e concreto, geralmente apenas as mãos e/ou os pés. Como resultado, temos esculturas etéreas que parecem se dissolver no ar. A intenção da artista é a de não sugerir nada, mas convidar o espectador a exercitar sua própria imaginação, completando as partes ausentes, preenchendo mentalmente as linhas e volumes.

+Info: Website | Behance | Facebook.

Escrito por Leandro Oliveira

I’m the CEO-founder of Visualflood, based in Feira de Santana, Brazil. Someone who loves visual arts and innovative technologies.

Esculturas fenomenais produzidas com troncos e galhos encontrados flutuando em rios, lagos e à beira mar

Instalação composta de 60.000 números multicoloridos de Emmanuelle Moureaux