in , ,

Ilustrações fascinantes feitas em filtros de café pela artista brasileira Kemmy Fukita

Autodidata, Kemmy Fukita é uma paranaense cheia de criatividade e talento, sempre em busca de diferentes materiais e formas para expressar sua arte. Depois de utilizar pratos de papelão e hashis, a moça começou a se aventurar em um outro material, ainda pouco explorado,: filtros de café.

Prezando sempre pela sustentabilidade, a criadora do projeto “No Filtro”, que é formada em moda, costuma incluir frases de pensadores e artistas que admira. Com o tempo, ela foi “soltando-se” mais e começou a escrever as próprias frases nos filtros, com a ajuda do pai.

Assim como no projeto Eu Me Chamo Antônio, que Kemmy deixa claro ser uma inspiração, ela defende o reaproveitamento de materiais que seriam descartados, e conta que gosta de “mostrar que é possível usar algo que iria para o lixo para transformar em arte”.

Mais informações: Facebook | Instagram (h/t: Hypeness).

Escrito por Álisson Boeira

Fundador da RevistaK7. Gaúcho, apaixonado por gatos e amante de todos os tipos de arte.

Ilustrações surreais de Andrew Ferez

Sueco cria séries fotográficas surreais, melancólicas e impactantes inspiradas em seus dias de depressão