in ,

Escultura ultradetalhada feita em um caroço de azeitona há quase 300 anos

É surpreendente o que artistas e artesãos do passado relativamente distante eram capazes de fazer, sem dispor da tecnologia que acreditamos ser necessária para produzir certos artefatos. Entre eles, esta inacreditável escultura de barco ultradetalhada entalhada em um caroço de azeita que mede apenas 3,4 cm de comprimento e 1,6 cm de altura.

Ela começou a ser esculpida pelo artista chinês Ch’en Tsu-chang a partir de 1737, durante a dinastia Qin. A obra é uma referência ao texto O Último Ode no Penhasco Vermelho do poeta Su Shi (1037 – 1101), que inclui mais de 300 caracteres e que foram inteiramente gravados na parte inferior do minúsculo barco.

Nele encontramos oito figuras em uma determinada posição e expressão facial, alguns móveis e utensílios no interior e as janelas são móveis. Atualmente a peça encontra-se em exposição no Museu do Palácio Nacional em Taipé, Taiwan.

Mais informações: NPM (h/t: Twisted Sifter).

Escrito por Leandro Oliveira

I’m the CEO-founder of Visualflood, based in Feira de Santana, Brazil. Someone who loves visual arts and innovative technologies.

Planta suculenta que parece brotar coelhinhos de seu interior vira febre no Japão

Esculturas e pinturas do artista iraniano Shamsedin Ghazi