in ,

Retratos “pintados” com bordados de Cayce Zavaglia

A artista Cayce Zavaglia originalmente estudou para trabalhar com pinturas. Mas, doze anos atrás, mudou para o bordado numa tentativa de abrir um estúdio com materiais não-tóxicos e criar um conjunto de obras que fazem referência a uma peça de bordado que ela fez quando ainda era criança em sua infância na Austrália.

Assim, suas criações são o resultado da fusão destas duas habilidades adquiridas. Zavaglia, desde então, vem desenvolvendo uma técnica que lhe permite imitar as tonalidades, misturas de cores, profundidades, volumes e pinceladas das pinturas clássicas de óleo sobre tela. Além disso, notou acidentalmente que o verso dos retratos possuía características muito contrastantes com o lado principal, revelando uma variante abstrata dele.

Para Zavaglia, esta nuance ganhou uma interpretação psicologicamente profunda e passou a representar nosso eu interior: “um mundo de pontas soltas, nós e caos que pode ser facilmente traduzido para o mundo da pintura”, descreve ela e continua: “o verso dos meus bordados, que histórica e tradicionalmente tem sido escondido do espectador, iniciou um diálogo sobre a divergência entre o nosso eu apresentado e o privado”. Desta forma, ambos os lados passaram a ter igual importância em seu estúdio. As pessoas retratadas são exclusivamente amigos, familiares e artistas parceiros.

+Info: Website | Instagram | Twitter.
(h/t: Booooooom.com)

Escrito por Leandro Oliveira

I’m the CEO-founder of Visualflood, based in Feira de Santana, Brazil. Someone who loves visual arts and innovative technologies.

Microesculturas ultradetalhadas do século 16 que cabem na palma da mão

Instalação com 250 colunas espelhadas de Phillip K Smith III refletindo as marés do Oceano Pacífico