in ,

A influência da arte do origami na arquitetura e decoração ocidental

Não tem jeito, esta é realmente umas das influências mais marcantes e notáveis dos últimos tempos na arquitetura e no design. Principalmente por ser algo tão simples e ao mesmo tempo tão sofisticado. Traços irremediavelmente associados à cultura tradicional japonesa, muito embora a arte do origami tenha, de fato, origem chinesa.

Há quase três séculos o minimalismo japonês vem servindo de referência para as artes, moda e arquitetura ocidental. Com início mais expressivo a partir do século 19 nos Estados Unidos. Mas, ultimamente, adquiriu uma proporção e alcance como nunca visto antes, tornando-se uma das tendências mais seguidas por designers e arquitetos hoje — senão a principal. Como no design poligonal, no flat design e na elegância e sobriedade de móveis e edificações minimalistas.

Karolina Michałkiewicz, uma designer de interiores polonesa, produziu uma lista muito interessante de objetos, móveis e projetos de decoração de interiores, mostrando que a arte da dobradura do origami definitivamente não está mais limitada ao papel. Confira:

Como projeto de design de interiores:

Imagem via KM we wnętrzu.

Imagem via KM we wnętrzu.

Imagem via KM we wnętrzu.

Imagem via KM we wnętrzu.

Imagem via KM we wnętrzu.

Como detalhe de design de interiores:

Imagem via KM we wnętrzu.

Imagem via KM we wnętrzu.

Imagem via KM we wnętrzu.

Imagem via KM we wnętrzu.

Imagem via KM we wnętrzu.

Escrito por Leandro Oliveira

I’m the CEO-founder of Visualflood, based in Feira de Santana, Brazil. Someone who loves visual arts and innovative technologies.

Manuls, os gatos com as expressões mais humanas que você já viu

O pandemônio histórico das religiões